Blog

Educação 4.0: saiba como ela vai impactar

Diante das inovações tecnológicas geradas pela quarta revolução industrial, é esperado que a forma como ensinamos e aprendemos também exija mudanças.

O termo Educação 4.0 vem sendo usado para identificar um novo conceito de educação, que integra ao ambiente de ensino às tecnologias disponíveis e torna o aprendizado mais dinâmico e adequado às necessidades atuais e futuras da sociedade.

O que é a Educação 4.0?

É uma resposta natural às mudanças causadas pela internet e por recursos que otimizam o trabalho. Hoje já existe uma tendência natural de automação de processos, ou seja, empresas estão substituindo mão de obra humana por máquinas para realizar trabalhos sistêmicos e repetitivos.

Sendo assim, cabe a nós desenvolvermos habilidades diferenciadas e importantes para o mercado, para realizar tarefas que as máquinas não conseguem.

A Educação 4.0 oferece essa nova realidade ao mercado. Isso acontece através de disciplinas diferentes e abordagens que ensinam sobre habilidades interdisciplinares e sobre uma atuação mais colaborativa.

Como funciona a Educação 4.0?

Na Educação 4.0 as inovações devem ser vivenciadas também fora das paredes das salas de aula. A Inteligência Artificial e a Internet das Coisas ajudam a integram os espaços físicos e o virtual.

Vídeos, jogos e sistemas multidisciplinares ajudam a fixar o aprendizado e a fazer novas descobertas, que complementam o ensino.

Entretanto, apenas oferecer os equipamentos aos alunos não é o suficiente. É fundamental que esses recursos estejam alinhados a um planejamento pedagógico consistente.

Para atender a essa necessidade da sociedade as inovações e os recursos devem ser vivenciados. A experimentação se transforma no ponto principal do aprendizado e devem ser incentivadas a criação de projetos e a aquisição de vivências práticas.

O conhecimento também deve ser transmitido de maneira colaborativa, incluindo professores e alunos. O modelo hierárquico não tem mais vez.

Os alunos devem compreender desde cedo a importância de aprender continuamente, mesmo na idade adulta, para conseguirem responder com agilidade às inovações tecnológicas.

O objetivo é desenvolver novas habilidades e o pensamento criativo, abrindo mão da mera repetição de conteúdo.

Como preparar a escola para essa realidade?

Muitos gestores educacionais e professores estão assustados com o ritmo acelerado dessas mudanças e se sentem perdidos. Mas para incluir sua instituição nesse modelo de ensino é preciso tomar algumas atitudes:

• Abrir as portas para a tecnologia

O uso adequado das tecnologias é a chave da Educação 4.0. Portanto, o primeiro passo é inserir esses recursos no dia a dia da instituição e torná-los natural nas rotinas escolares.

• Mudança de cultura no corpo docente

É comum existir resistência em processos de mudança, mesmo quando são positivas. Contudo, é preciso analisar o plano de ensino para verificar se o que está sendo ensinado já não está obsoleto.

Oriente os professores sobre incentivar a colaboração e as atividades práticas. Essa atitude ajuda na construção de pensamento crítico, muito necessário para o mercado de trabalho do futuro.

Adequar-se a esse novo modelo se refere mais às práticas pedagógicas do que à introdução dos equipamentos na escola. Cada vez mais é fundamental se perguntar quais habilidades serão necessárias para o futuro e como ensiná-las aos estudantes de hoje.

Educação 4.0: saiba como ela vai impactar

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *