Blog

Como desenvolver minha escola ?

As rotinas da gestão administrativa não costumam ser tarefas simples, uma vez que envolvem um grande volume de dados, informações e números que devem ser interpretados e se tornarem uma decisão sólida para o bem-estar do negócio. Para as escolas, essa pode ser uma realidade ainda mais dura.

Normalmente, uma instituição de ensino não costuma ser vista como uma empresa que precisa gerar lucros para se manter no mercado, quando na verdade é. Ela está oferecendo um serviço aos seus clientes, e deve prezar pela qualidade para garantir sua receita. Neste artigo sobre gestão escolar, iremos explorar quais são os seus tipos e como desenvolver na sua escola. Confira.

Gestão escolar

1. Gestão pedagógica e do ensino

 

O primeiro ponto fala justamente sobre a função chave de uma escola na sociedade, a de ensinar. A gestão pedagógica é aquela responsável por definir as diretrizes a serem seguidas pela comunidade escolar quando se fala em ensino.

Quais conteúdos serão apresentados, quais atividades extracurriculares serão oferecidas, como a interdisciplinaridade será implementada, dentre outros assuntos que visam melhorar a qualidade da instituição no sentido educacional.

Essa parte, como todas as outras, se inicia antes das aulas começarem. Os professores, diretores e coordenadores devem se sentar à mesa e discutir a mensagem e o tom que a escola deve passar, elaborado os conhecidos Projetos Políticos Pedagógicos (PPPs), que servem como um roteiro a ser seguido ao longo do ano, com objetivos e metas a serem atingidos.

No entanto, esse trabalho se estende ao longo do ano, avaliando os estudantes e fazendo mudanças quando se fazem necessárias, tudo para garantir um ensino uniforme e homogêneo, que atinge a todos os alunos.

2. Gestão financeira

 

Agora, falando como uma empresa, a escola deve manter o seu fluxo de caixa registrado e atualizado em tempo real. Ela deve conhecer todas as suas fontes de renda e arrecadações não usuais, como eventos e festas em datas comemorativas, e detalhar os custos envolvidos para manter a instituição a todo vapor.

A gestão financeira está diretamente ligada à pedagógica, uma vez que sem o investimento necessário, dificilmente os objetivos serão atingidos. É necessário que o orçamento seja dividido de acordo com as necessidades do ambiente, observando a qualidade do ensino, da infraestrutura, profissionais contratados e todas as outras variáveis.

3. Gestão Escolar: Administração

 

Nesse tópico muitos outros estão envolvidos, pois a administração de qualquer empresa, mesmo escolas, envolve um conhecimento detalhado de todos os setores da companhia. É a administração que irá aprovar orçamentos, destinar os recursos captados pelo financeiro e analisar os resultados obtidos ao longo do ano.

Cabe à administração cuidar para que todas as normas e leis sejam cumpridas, e garantir que os profissionais envolvidos deem o seu melhor para transformar a instituição em uma referência de ensino. O setor de recursos humanos também está englobado aqui, e é de essencial importância para ter certeza de que não haverá falta de professores a quaisquer turmas.

O primeiro passo para que se possa gerenciar uma instituição de ensino, é reconhecê-la como uma empresa que precisa dar lucros enquanto oferta educação como serviço. Dessa maneira, você garante a sobrevivência no mercado, ao mesmo tempo que ajuda a formar o futuro dos seus alunos.

Nós da Amber Sistemas compreendemos a dificuldade que a gestão escolar representa, e estamos dispostos a ajudá-lo. Oferecemos soluções personalizadas para às suas necessidades através de sistemas digitais que poupam esforços e automatizam tarefas. Visite a nossa página para conhecer melhor, e tirar todas as suas dúvidas.

Como desenvolver minha escola ?

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *