Blog

5 práticas educacionais para adotar durante a pandemia

As instituições de ensino têm vivido intensas transformações em seus setores administrativos e pedagógicos. Sem dúvida, esse é o momento de refletir sobre as melhores práticas educacionais nas escolas durante a pandemia.

No fim de abril, o Conselho Nacional de Educação (CNE) divulgou diretrizes para colégios e faculdades em todo o Brasil. Acompanhe abaixo algumas das mais importantes recomendações para a educação em meio à crise de saúde.

1. Considere as atividades remotas como uma das práticas educacionais nas escolas durante a pandemia

O órgão nacional aprovou que algumas atividades não presenciais podem sim contar na carga horária obrigatória anual. Certamente, essa é uma boa notícia, pois existe uma diversidade de ferramentas que podem ser usadas atualmente.

A internet é uma das maiores aliadas durante o período de isolamento social e fechamento das escolas. Afinal, plataformas virtuais com videoaulas e até mesmo redes sociais têm sido usadas para repassar o conteúdo acadêmico.

Principalmente por uma questão de acesso e equidade, os materiais didáticos impressos também são uma alternativa para estimular a participação. Além disso, o interesse dos alunos deve ser estimulado de acordo com cada um.

As práticas educacionais nas escolas durante a pandemia propõem uma adaptação temporária e urgente. Por isso, até programas de rádio e televisão podem ser grandes aliados na hora de ensinar ou reforçar uma lição.

2. Se puder, evite a reposição de aulas no futuro

As propostas ligadas às metodologias de ensino remotas são essenciais para evitar a defasagem educacional dos estudantes nesse momento. Ou seja, essas ações permitem muito mais que a sobrevivência das instituições.

A continuidade das atividades acadêmicas é algo fundamental para o desenvolvimento dos alunos. Além disso, isso pode preparar crianças e adultos para enfrentar os novos desafios impostos pela pandemia a partir de agora.

Também por esse motivo, é importante que as escolas consigam manter esse fluxo de atividades escolares, evitando reposições. Quando as escolas reabrirem, será preciso planejamento para equilibrar o calendário de aulas.

3. Adiantar feriados e férias podem ser práticas educacionais nas escolas durante a pandemia

Outra das práticas educacionais nas escolas durante a pandemia tem relação direta com a questão do cumprimento da carga horária. Visto que o cenário atual pede medidas emergenciais, reestruture o cronograma.

A recomendação é de que feriados e períodos de férias sejam reorganizados dentro do calendário escolar anual. Além disso, a revisão da jornada escolar diária e a implementação de contraturnos também podem ser possibilidades.

4. Fortaleça os vínculos com sua comunidade

O fechamento das escolas tem impactado de mais de 1 bilhão de estudantes em todo o mundo. Com efeito, são muitas as famílias afetadas por essa alteração da estrutura doméstica. Como lidar com os efeitos dessa nova realidade?

Vamos entender o que tem se desenrolado entre os núcleos familiares com crianças matriculadas em escolas regulares:

• De uma forma geral, os pais com crianças em idade escolar são os que mais têm sentido ansiedade e frustração;

• No caso do ensino infantil, a situação é ainda mais complexa, pois muitas escolas não estão preparadas para essa interação virtual;

• Por outro lado, as crianças estão processando as novidades diárias e se acostumando a não ir ao colégio;

• Por consequência, as crianças também têm manifestado sentimentos de angústia, raiva e insegurança.

Diante disso, busque alimentar uma rede positiva. As práticas educacionais nas escolas durante a pandemia incluem o cuidado e atenção com os membros da sua comunidade acadêmica. Seja empático, e não oportunista.

5. Invista em soluções inovadoras de gestão como uma das práticas educacionais nas escolas durante a pandemia

Em questão de meses, vimos nossa realidade ser transformada por um vírus que atingiu todos os países do mundo. Além de alterar a rotina e a dinâmica de pessoas e empresas, a pandemia trouxe consigo uma nova perspectiva.

As instituições de ensino precisarão de muito preparo, estratégia e inovação para lidar com as transformações trazidas pela crise. Com certeza, a sociedade terá novas formas de funcionar e solucionar problemas de agora em diante.

Ferramentas de gestão acadêmica, como o ERP, otimizam os processos administrativos da sua escola ou faculdade. Assim, você terá o controle dos dados da sua organização, com um suporte diferenciado e customizado.

Em síntese, é preciso avaliar com cuidado os recursos e o perfil da sua instituição de ensino. Apenas assim, você conseguirá definir como aplicar as práticas educacionais nas escolas durante a pandemia com sucesso.

Fontes:

http://portal.mec.gov.br/component/content/article/12-noticias/acoes-programas-e-projetos-637152388/89051-cne-aprova-diretrizes-para-escolas-durante-a-pandemia?Itemid=164

http://www.proesc.com/blog/4-dicas-sobre-coronavirus-na-escola/

5 práticas educacionais para adotar durante a pandemia

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *