Blog

Os desafios dos professores e gestores na educação 4.0

Inicialmente, podemos perceber o quanto a tecnologia está cada vez mais presente em nosso dia a dia. Tratando-se de escolas e instituições de ensino, não é diferente. Ligada a indústria 4.0, podemos perceber o quanto o setor de educação têm se beneficiado da tecnologia para promover melhorias nos processos administrativos de ensino.

Por esse motivo, surge o termo 4.0. Contudo, as escolas ainda enfrentam desafios relacionados às mudanças estruturais que a tecnologia oferece, e nesse quesito, é importante nos atentarmos a esses fatores. Quer saber quais são? Então, confira o nosso post até o final e saiba tudo sobre o assunto.

 

O que é a educação 4.0?

 

Antes de tudo, podemos entender que a educação 4.0 nada mais é do que a implementação de novas práticas administrativas na área organizacional das instituições de ensino.

A ideia é que os processos se tornem mais enxutos e ainda seja possível realizar o acompanhamento dos alunos de forma eficiente através da coleta de dados.

Em outras palavras, a educação 4.0 insere recursos tecnológicos nos processos educacionais, seja no dia a dia administrativo da instituição ou até mesmo nas rotinas de estudo em salas de aula.

Por meio de metodologias ativas, os estudantes podem emergir em aulas mais inovadoras e que realmente oferecem resultados ao seu aprendizado.

Uma questão importante a ser considerada na indústria 4.0 e que é um de seus grandes pilares, é o letramento digital, que funciona como uma alfabetização digital para os estudantes. A ideia é torná-los totalmente capazes de adentrar ao novo mercado de trabalho do século XXI.

 

Quais são os desafios da educação 4.0 para gestores e professores?

 

Certamente, podemos perceber que a tecnologia está crescendo de forma substancial na atualidade, e é crucial que órgãos, empresas e instituições acompanhem essas tendências para qualificar os processos internos de ensino e gerar competitividade no mercado.

Tratando-se da integração da tecnologia na educação, conseguimos observar alguns desafios a serem enfrentados por educadores e gestores da área, como por exemplo:

1. Estimular uma cultura digital

Para que a educação 4.0 possa ser facilmente inserida nos processos educacionais, é necessário que uma cultura digital seja estimulada. Ou seja, é fazer com que os estudantes consigam compreender a importância da tecnologia como ferramenta para o ensino.

2. Mudar toda a infraestrutura da escola

Não menos importante do que estimular a cultura digital, é perceber a necessidade de realizar mudanças intensas na infraestrutura da instituição de ensino. Isso porque não há forma de ensinar programação para os colaboradores e professores se não há maquinário disponível, por exemplo.

3. Capacitação de educadores

Depois de estruturar tecnologicamente a escola, o próximo desafio é instruir e capacitar os professores para usufruir dessas ferramentas e dispositivos.

Sendo assim, devem ser treinados por profissionais altamente capacitados para o processo, a fim de orientá-los sobre ações mais eficientes para oferecer aulas, mostrar vídeos, podcasts, imagens, slides e entre outros.

4. Conversar com pais e responsáveis

Como se sabe, a Educação 4.0 não afeta somente a escola, mas todos os envolvidos, incluindo os pais dos alunos. Nesse momento, um dos grandes desafios é incluir os pais em cada processo, pois a opinião dos mesmos é crucial para o desenvolvimento das estratégias tecnológicas.

Não somente para recolher informações, mas como também para deixá-los cientes das metodologias ativas que serão inseridas nos contextos educacionais.

 

Conclusão

 

Conforme vimos, a educação 4.0 está cada vez mais presente nos processos educacionais e cabe ao corpo docente prover as melhores formas de integrar a tecnologia à sala de aula. Contudo, muito mais do que isso é dispor do conhecimento e prática certa para conduzir essa evolução de forma eficiente dentro das escolas.

Os desafios dos professores e gestores na educação 4.0

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *