Blog

Gestão Democrática: como inserir na sua escola ?

Para que uma escola cumpra o seu papel com maestria, não basta oferecer uma educação de qualidade, estrutura completa e bons profissionais. A gestão escolar merece um cuidado especial, afinal, é por meio dela que todos os demais elementos são coordenados sempre com foco nos alunos. No artigo de hoje, saiba mais sobre o conceito de gestão democrática e como inseri-lo na prática nesse tipo de estabelecimento.

O que é gestão democrática na escola?

Basicamente, este conceito significa descentralizar a administração e a organização da escola. Isso significa que ela não deve ser responsabilidade apenas de uma pequena equipe, mas sim envolver toda a comunidade: os colaboradores da própria escola, os pais e os alunos. A ideia é que essa participação aconteça em diferentes etapas e atividades, tanto pedagógicas como mais burocráticas. Veja a seguir algumas formas de como implementar esse modelo de gestão em sua escola.

Estimule a participação

Em um primeiro momento, pode ser que esses outros grupos que estão fora da sala administrativa da escola ainda não estejam acostumados a se envolver nessas questões. Por isso, cabe à direção e ao gestor convidá-los! Crie campanhas que mostrem a importância dessa participação, converse com os pais nos momentos em que eles estão na escola, mostre que o estabelecimento está disposto a ouvi-los. Esse movimento inicial deve partir da escola e não esperar que ele simplesmente aconteça.

Sistematize a participação

Uma vez que os envolvidos na educação já estão cientes de que a escola deseja adotar essa gestão democrática, o diálogo precisa ser organizado. Caso contrário, serão apenas muitas vozes indistintas que não vão legar ninguém a nada. Coloque no calendário da escola as datas nas quais a direção vai se reunir com os pais, comunidades, alunos e os colaboradores para discutir assuntos de caráter pedagógico, administrativo, financeiro, dentre outros. Uma ideia é eleger representantes de cada grupo para facilitar essa comunicação.

Seja transparente

Depois que as pessoas derem suas opiniões sobre o assunto em pauta, ao final, é a direção da escola quem vai tomar a decisão. Pois bem, a transparência em relação a isso é um pilar da gestão democrática. É preciso ir a público para falar quais foram o caminho escolhido e os motivos para isso. Se ele não era a opção preferida daqueles que opinaram, por qual razão os gestores acharam que era a melhor alternativa?

Qualquer ação implementada pela escola, mesmo que não tenha envolvido todos esses públicos, precisam ser de conhecimento de todos. Isso não só torna a gestão honesta, como incentiva cada vez mais a participação, afinal, a adoção de uma gestão plenamente democrática vai sendo construída pouco a pouco.

Dê voz aos alunos

O aluno é a peça mais importante da escola, mas nem sempre é ouvido. Você pode se surpreender se parar para escutar o que os seus estudantes têm a dizer, mesmo os menores.

E é claro: aproveite os benefícios da tecnologia para conseguir unir tantos grupos distintos em prol de um bem maior e a criação de uma escola cada vez mais atenta às reais necessidades da sociedade.

Gestão Democrática: como inserir na sua escola ?

1 comentário

Participe
  • Paulo Augusto - 18 de março de 2020 responder

    O maior problema a ser resolvido nessa questão são os pais, que não participam das reuniões seja por falta de tempo ou interesse.
    A gestão participativa exige a inteiraçao da escola com pais e alunos.
    Culturalmente a gde maioria dos pais de alunos no Brasil ñ tem interesse em acompanhar o crescimento escolar dos filhos ate pelo pouco conhecimento da questão.
    Seria ótimo se todos envolvidos interagissem com fim mutuo de melhoria do ensino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *