como-a-tecnologia-pode-melhorar-o-rendimento-e-a-motivacao-no-ambiente-escolar

Como a tecnologia pode melhorar o rendimento e a motivação no ambiente escolar

Compartilhe! Share on Facebook10Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0

Quem acompanha as tendências na área de educação sabe que integrar tecnologia ao ambiente escolar é uma necessidade.

Mas como utilizar esse recurso em sala de aula para motivar os alunos e ajuda-los a atingir todo o seu potencial?

A tecnologia faz parte do cotidiano dos jovens, por isso, seu uso pode ser muito benéfico em sala de aula, aumentando o interesse do aluno.

Interessado, ele passa a participar mais e a melhorar o seu desempenho, conquistando mais confiança e aumentando ainda mais o interesse pela escola e os assuntos abordados. Essa motivação leva a um melhor rendimento. Como você pode ver, todos esses elementos estão interligados.

como-a-tecnologia-pode-melhorar-o-rendimento-e-a-motivacao-no-ambiente-escolar

Identificar demandas

Para melhorar o desempenho e motivar os alunos é preciso identificar suas necessidades e com o que estão familiarizados: quais aparelhos eles usam fora da escola, programas e aplicativos preferidos, o que acham que vão precisar saber sobre tecnologia na vida profissional e o que querem aprender sobre tecnologia.

Com base nisso é possível definir quais recursos serão usados e quais atividades podem ser criadas, como aulas sobre edição de imagens e vídeos, programação, interatividade e outros.

É preciso levar em consideração também as demandas notadas em sala de aula pelos professores.

Estimulando os alunos

O universo digital pode incentivar bons hábitos, como a leitura.

E-books são mais baratos (ou gratuitos), portáteis e podem ser lidos no computador, smartphone, tablet e e-readers. Há ainda os audiobooks.

Invista em experiências multimídia. Além dos filmes, é possível fazer pesquisas online, ver entrevistas com o autor, ver vídeos sobre o assunto (reviews, reportagens, vlogs), ler e escrever fan fics (histórias de ficção feita por fãs sobre livros e séries populares) e muito mais.

A internet conta com fontes boas e confiáveis, como páginas de faculdades, revistas digitais e sites como o Domínio Público, que oferece e-books em português de graça, e o Khan Academy, que oferece cursos gratuitos. Indique sites e até canais do Youtube que podem complementar o conteúdo e aplicativos que ajudem a estudar para o Enem e o vestibular.

Tecnologia com moderação

Usar a tecnologia para o ensino não corresponde exatamente ao uso que os jovens fazem desse recurso nas horas de lazer, por isso é preciso orientar e ficar atento para que eles não saiam do objetivo. É preciso ser claro e objetivo com os alunos desde o começo sobre os limites do uso de tecnologia dentro da sala de aula.

Integração e apoio

Todas as partes envolvidas precisam abraçar a ideia. É preciso promover a participação dos pais e responsáveis nas mudanças para que entendam e apoiem tal iniciativa, bem como dos funcionários, principalmente os professores.

É preciso capacita-los para se sentirem seguros com a adoção das novas práticas. Palestras, aulas de informática, participação em congressos, treinamento adequado e conhecer instituições que usam tecnologia na educação com eficácia ajudam nesse processo.

 

Veja agora dicas para captar mais alunos para sua escola.

Compartilhe! Share on Facebook10Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0

One thought on “Como a tecnologia pode melhorar o rendimento e a motivação no ambiente escolar”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *