5 dicas para promover a inovação na gestão escolar

Compartilhe! Share on Facebook9Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0

O professor é quem está frente a frente numa sala de aula, sendo responsabilidade dele o desenvolvimento de determinadas competências. No entanto, uma instituição de ensino que deve dar todo o suporte adequado para o bom desempenho docente, e discente. O gestor deve conhecer as inovações na gestão escolar, manter-se atualizado e pronto para arriscar novas técnicas de administração, para garantir a maior qualidade possível no ensino, sem desperdiçar indevidamente sua renda.

Confira 5 dicas para promover a inovação na gestão escolar.

1. Seja inovador

A inovação não é algo que se ensina a alguém ou que já é tirada pronta de algum lugar. Ela envolve pesquisa, debates e tentativas. É necessário manter em mente que novas técnicas podem promover uma melhora significativa ou prejudicar o desempenho acadêmico.

Inovação não significa encher a escola com aparatos tecnológicos, apesar disso também ser algo importante, mas encontrar novas maneiras de estimular o aluno a se engajar com o processo do aprendizado. Uma das formas de fazê-lo é realizar atividades diferentes, levando-os a campo para pesquisar, promovendo um ambiente saudável e criativo para que o conhecimento se desenvolva plenamente.

2. Entenda os concorrentes

Por que a outra instituição atrai tanto público? Por que as notas em avaliações nacionais são maiores? Como os alunos são encorajados?

Todas essas são perguntas que o gestor da educação deve fazer diariamente. Pesquisar a concorrência não significa diminuir o próprio trabalho, mas aprender para que ele possa crescer.

Nem toda instituição é uma concorrente. Você pode firmar acordos e parcerias, encontrando os aliados certos, dessa maneira, o intercâmbio entre escolas pode favorecer o aprendizado e as relações interpessoais, além de trazer uma experiência inovadora na educação.

3. Invista na tecnologia

Esse é um dos pontos mais importantes na mudança de postura da escola em relação ao aprendizado. Há poucos anos os celulares, por exemplo, eram terminantemente proibidos em todas as instituições, mas hoje, algumas usam o aparelho como uma ferramenta educacional.

Encontre maneiras de integrar o estudante às ferramentas tecnológicas, e a usá-las como ferramentas de aprendizagem, assim, as competências fundamentais podem ser desenvolvidas alinhadas ao novo padrão mundial, o da digitalização da informação.

4. Chame a atenção dos professores

Eles são a peça fundamental para o sucesso da prática pedagógica, pois estão cara a cara com o aluno, e, em última instância, cabe a eles implementar ou não a solução encontrada em inovação.

Estimule os colaboradores a debater, trocar ideia com os colegas e a criar uma experiência inovadora no ensino das suas respectivas áreas. Além de repassar a importância de renovar e tentar novas técnicas que já foram testadas e reconhecidas como boas alternativas ao ensino tradicional.

5. Softwares de gestão

A tecnologia pode ajudar também a administração escolar, através da otimização na captação de dados e informações sobre os trabalhos realizados pelos professores, o desempenho e o aproveitamento da instituição. Com a elaboração de relatórios periódicos, é possível encontrar e destinar os recursos corretos para as áreas essenciais, sem desperdiçar um dinheiro que poderiam não ser muito bem aproveitado em determinada área.

A Amber Sistemas é uma empresa especializada na operação de sistemas de gestão escolar. Conheça a nossa linha de produtos e automatize a administração escolar, economizando o seu tempo, de maneira que possa ser destinado às tarefas essenciais ao desempenho acadêmico.

Compartilhe! Share on Facebook9Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *